j

Lorem ipsum dolor amet, consect adipiscing elit, diam nonummy.

Follow Us

Search

Apoio Extraordinário ao Rendimento dos Trabalhadores novas alterações às medidas excecionais Apoio Extraordinário para trabalhadores em situação de desproteção económica e social ; Orçamento suplementar;Medidas Excecionais e Temporárias - Laboral e Segurança Social;prorrogação lay off simplificado

Retificação – Apoio extraordinário para trabalhadores em situação de desproteção económica e social

Apoio Extraordinário ao Rendimento dos Trabalhadores novas alterações às medidas excecionais Apoio Extraordinário para trabalhadores em situação de desproteção económica e social ; Orçamento suplementar;Medidas Excecionais e Temporárias - Laboral e Segurança Social;prorrogação lay off simplificado

Foi publicada a Declaração de Retificação n.º 43/2020, de 5 de novembro, que veio retificar a Portaria n.º 250-B/2020, de 23 de outubro (veja aqui), que regulamenta as condições e os procedimentos de atribuição do apoio extraordinário de proteção social para trabalhadores em situação de desproteção económica e social e que não tenham acesso a qualquer instrumento ou mecanismo de proteção social.

Através da mencionada Declaração de Retificação, fica agora esclarecido que a ação de fiscalização, com caráter de urgência, a desencadear pela ACT e pelo ISS, I.P., destinada à verificação do conteúdo da denúncia,  a que alude o n.º 4 do artigo 14.º da Portaria n.º 250-B/2020, de 23 de outubro, se reporta aos casos referidos no n.º 4 do artigo 11.º da referida Portaria, ou seja, às situações referentes a trabalhadores que tenham iniciado atividade há menos de três meses e que são notificados para indicarem a entidade empregadora a quem foi prestado trabalho.

Assim:
Em caso de fiscalização urgente desencadeada pela ACT e pelo ISS, I.P., na situação de notificação aos trabalhadores que tenham iniciado atividade há menos de três meses, para indicarem a entidade empregadora a quem foi prestado trabalho:
>> A obrigação contributiva pode ser suspensa mediante autorização pelo serviço competente da Segurança Social, caso seja requerido pelo beneficiário;
>> Já tendo a mesma ocorrido e tendo-se verificado a existência prévia de trabalho por conta de outrem, é anulado o enquadramento no regime de trabalhadores independentes.

Ana Rita Nascimento | Francisca Machado | Catarina Bártolo de Melo